O vestido de noiva é certamente um dos destaques do casamento, afinal, ele é cercado de mistério e expectativas inclusive das gordinhas. Os convidados e o próprio noivo aguardam com ansiedade o momento em que a noiva vai pisar no tapete e seguir até o altar em um traje deslumbrante.

Independente da silhueta da noiva, sempre vai existir o vestido ideal. As noivas no estilo mignon ou longilíneas talvez encontrem mais facilidade para achar o vestido perfeito, mas noivinhas de formas mais exuberantes e volumosas também podem ficar simplesmente divinas no dia do casamento, basta fazer as escolhas certas. Se você faz parte do grupo das noivas mais cheinhas, confira as nossas dicas para arrasar no modelito.

Cuidado com os modelos tomara-que-caia!

Há quem diga que noivas gordinhas devem passar longe de vestidos tomara-que-caia, porém isso é muito relativo. Tudo vai depender das configurações do corpo da noiva. Se o braço não for muito cheio e seio não for farto, ela pode sim usar um modelo tomara-que-caia, mas o desenho do colo deve ser bem bonito. Os decotes em formato de coração costumam valorizar essa silhueta.

Equilíbrio é tudo!

Não use peças justas demais, nem largas demais, afinal, os extremos desvalorizam bastante o corpo da gordinha. É importante colocar em destaque as partes mais bonitas da silhueta e disfarçar as partes das quais ela gosta menos. É o típico jogo do “mostra esconde”!

Use o modelo sereia (com ressalvas)

Ao contrário do que muitos pensam, as noivas mais cheinhas podem usar sim os modelos sereia, desde que a gordura corporal seja bem distribuída. O ideal é que não haja muita gordura acumulada na região abdominal. Nesse caso, um vestido sereia plus size pode cair muito bem, dando um toque sensual e feminino ao look. Por outro lado, se você tiver problemas com tronco quadrado e barriga saliente, evite esse corte.

Prefira os tecidos firmes

Dê preferência a tecidos firmes na estrutura do corpo do vestido. A saia pode ser fluida, mas o colo e cintura devem ter boa sustentação e costuras rígidas. Se você optar por cintura marcada, as barbatanas podem ajudar a deixar a silhueta mais bonita e delineada. Vale destacar que bustos de tecido mole comprimem o seio e fazem com que braços e colo pareçam muito maiores. Lembre-se que quanto mais mole e fino for o tecido, mais marcado ficará o corpo!

Evite trançados nas costas

Os trançados nas costas deixam gordurinhas extras em evidência, comprometendo assim a beleza e elegância do vestido. Além disso, as cordas podem ser desconfortáveis e conforto é requisito fundamental para as noivas. Prefira os zíperes, pois assim o corpo fica melhor acomodado! Em todo caso, se você optar por modelos ajustáveis (trançados nas costas) não aperte até ficar desconfortável e escolha um tamanho que permita que a pele não fique tão à mostra. No máximo cinco centímetros é o ideal.

As manguinhas podem ser aliadas

Se a noiva tiver braços mais gordinhos, uma ótima pedida é usar manguinhas. É moderno, delicado, romântico e bonito, especialmente se a manguinha for de renda, tule ou tiver aplicações em pérolas e pedrarias. Muito mais do que uma estratégia para disfarçar o braço, a manga pode virar o charme do vestido.

Dicas extras

  • Decote em V alonga a silhueta, deixa o pescoço à mostra e disfarça seios grandes.
  • O corte cintura alta é ideal para quem tem barriguinha saliente. Nesse caso, a noiva pode até optar por vestidos no estilo princesa.
  • Boleros de renda nobre são perfeitos para disfarçar os braços gordinhos.
  • Decotes profundos podem comprometer a silhueta e a beleza da produção da noiva cheinha.

E ai, gostou das nossas dicas? Vai colocá-las em prática na busca pelo vestido ideal? Compartilhe suas opiniões conosco!